Paroquia São José – Rib Pires

A Igreja e as questões sociais

Há quem diga que a Igreja não deve se meter em política. E não deve mesmo, se meter na política partidária. A Igreja não tem Partido. Sua tarefa é evangelizar, transmitir a mensagem de Jesus. É uma tarefa espiritual (cf. GS 42). Mas como a alma não está separada do corpo, assim como Jesus não desconheceu as necessidades materiais das pessoas, a Igreja também não pode evangelizar sem se preocupar com o bem estar das pessoas.

Jesus disse, “eu vim para que todos tenham vida e vida plenamente” (Jo 10,10). Ele multiplicou os pães para ensinar a partilha.  Esta é a maneira de se combater a fome: partilhar. Ele curou doentes para ensinar que a saúde é dom de Deus e deve ser preservada, cuidando dos doentes. A Igreja seguidora de Jesus veio para anunciar a salvação e a salvação é integral: a salvação da alma é sinalizada na prática, pela salvação do corpo. “Mens sana in corpore sano”, diziam já os latinos da sabedoria pagã: “mente sadia num corpo sadio”.

Por muito tempo a filosofia platônica influenciou o cristianismo. Pregava-se que o corpo é a prisão do espírito. Assim, quanto mais o corpo sofria, mais fácil seria libertar a alma! Desta forma criou-se um conformismo com a dor, o sofrimento e a miséria. Daí  passou-se á crença de que Deus deseja o sofrimento e a miséria como condição para a salvação. Nada mais falso!

Somente lendo o Evangelho é que podemos constatar que a pregação do Reino de Deus, levada avante por Jesus e hoje por sua Igreja, anuncia o Evangelho junto com a promoção humana. Jesus nos prova que Deus nos criou para a felicidade, não somente após a morte, no céu, mas aqui na terra também, no aqui e agora do dia a dia da história.

Por isso, ao evangelizar a Igreja se preocupa com o bem estar das pessoas: quem vê seu irmão que sofre e não se sensibiliza e nada faz, não tem fé verdadeira (cf. Tg 2,14-17). Isto não é “fazer política partidária” e nem “comunismo”. É praticar as obras de misericórdia ensinadas por Jesus (cf. Mt 25).

Se eu tenho fome, é um problema pessoal meu, se meu irmão tem fome, é um problema “espiritual” meu. Com razão, porque se não der pão a quem tem fome, não se leva Cristo no coração e não pode participar da salvação que Ele dá. São os que dizem Senhor Senhor…(Mt 7, 21),  mas não fazem o que Ele ensinou. Por isso se condenam com a Bíblia nas mãos, porque omissão também é pecado. É preciso se empenhar pelo bem comum de todos pois, na ordem do preceito o amor a Deus vem primeiro, mas na ordem prática o amor ao próximo vem primeiro.

No Brasil, hoje, há milhões de famílias sem teto, ou vivem em moradias precárias e milhares não tem rede de esgoto e saneamento básico. As políticas públicas não atingem os pobres e miseráveis, os quais vivem sobre os esgotos a céu aberto. Enfim, as estatísticas mostram que 70 milhões de brasileiros são privados do acesso a um direito humano fundamental: o da moradia digna, isto somente para dar um exemplo.

Como a Igreja poderia ser hipócrita, anunciando a graça de Deus, seu amor pelo ser humano e não dizer nada, e não fazer nada para aliviar esta miséria toda. Miséria fruto do egoísmo e da má distribuição de renda, que compete a nós e não a Deus. Ele deu-nos os bens e a inteligência necessárias para geri-los, mas não pode nos oprimir, impondo-nos sua vontade que é a partilha entre todos. É necessária a conversão!

A Igreja ensina que a verdadeira política não deve se submeter à economia. E a economia deve desenvolver uma política visando o bem comum, reconhecendo o ser humano como irmão e irmã, estabelecendo uma “amizade social” que a todos favoreça e dê dignidade. A caridade social deve ser a alma da política, a qual deve ser um exercício de caridade.

Assim sendo, a Igreja tem dever de pronunciar-se e atuar nas questões sociais, naquilo que lhe compete, sem ceder a nenhuma ideologia, agindo em nome de Jesus Cristo.

Dom Pedro Carlos Cipollini, Bispo de Santo André

Fonte: Diocese de Santo André

Veja mais

Uma celebração emocionante marca o início de uma nova jornada espiritual na...
Uma celebração emocionante marca o início de uma nova jornada espiritual na comunidade. No dia seis de janeiro de dois mil e vinte quatro, a Paróquia São José em Ribeirão Pires viveu um momento de renovação e esperança com a posse do seu novo pároco,...
Foi lançada na reunião do Conselho Episcopal Pastoral (Consep) da Conferência Nacional...
Foi lançada na reunião do Conselho Episcopal Pastoral (Consep) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), na terça-feira, 19 de setembro, a tradução brasileira da terceira edição típica do Missal Romano, segundo livro litúrgico mais importante na liturgia da Igreja depois do Evangeliário. O...
A Paróquia São José – Igreja Matriz de Ribeirão Pires informa a...
A Paróquia São José – Igreja Matriz de Ribeirão Pires informa a todos através de comunicado ( descrito nas imagens dessa postagem) do nosso Bispo Dom Pedro Carlos Cipollini, Bispo da Diocese de Santo André, que os superiores da Congregação dos Missionários Scalabrinianos, no fim...
Missa presidida pelo Bispo Dom Pedro é marcada por fé, devoção e...
Missa presidida pelo Bispo Dom Pedro é marcada por fé, devoção e tradição na região Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra Logo pela manhã, se teve o início com a missa solene, no qual o Bispo da Diocese de Santo André, Dom Pedro Carlos...
Hoje queremos lembrar e celebrar a vida de São João Batista Scalabrini,...
Hoje queremos lembrar e celebrar a vida de São João Batista Scalabrini, o fundador da Congregação dos Missionários de São Carlos, também conhecidos como Scalabrinianos. Nasceu em Fino Mornasco, Itália, em 8 de julho de 1839. Desde jovem, sentia em seu coração o desejo de...
Neste sábado e domingo passado, dias 20 e 21 de maio, a...
Neste sábado e domingo passado, dias 20 e 21 de maio, a Diocese de Santo André, através da Pastoral do Migrante promoveu a 6ª Festa das Nações, que nessa edição foi realizada na Paróquia São José no bairro Baeta Neves em São Bernardo do Campo....
A Diocese de Santo André, por meio do Vicariato Episcopal para a...
A Diocese de Santo André, por meio do Vicariato Episcopal para a Caridade Social, promoverá antes e durante a Solenidade de Corpus Christi, a campanha “Tapete Solidário”, que consistirá na arrecadação de agasalhos, cobertores e produtos de higiene pessoal para as famílias carentes das sete...
Nos dias 17 e 18 de março, aconteceu em nossa região Pastoral...
Nos dias 17 e 18 de março, aconteceu em nossa região Pastoral de Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra as 24h para o Senhor. Mantendo a comunhão com as dez regiões pastorais da Diocese de Santo André, o evento teve como marco inicial a...
Sabemos que a origem da palavra vocação é bem complexa, mas seria...
Sabemos que a origem da palavra vocação é bem complexa, mas seria correto dizer de forma simples claro, que vocação é algo que te chama. Para nós Cristãos, essa voz que chama a cada um de nós é algo divino, uma comunicação do Divino conosco....
No último dia 21 de Dezembro, comemoramos mais um ano da existência...
No último dia 21 de Dezembro, comemoramos mais um ano da existência de nossa Paróquia São José, são 111 anos de história e crescimento da comunidade na graça de Deus, com a intercessão da Virgem Maria e do nosso padroeiro São José. Recordando a história,...